Blog Condomínios Curiosidades Síndicos

Mercado em condomínio ou serviço de delivery, qual é mais prático?

O mercado em condomínio é uma comodidade que já é uma realidade no Brasil. Depois de se difundirem em outros países, esses honest markets ficaram muito conhecidos e, hoje, todos desejam uma unidade na sua casa.

Eles levam às pessoas muita praticidade ao dia a dia e são pautados na honestidade, uma vez que o próprio consumidor faz a sua compra de maneira totalmente autônoma. Ou seja, você compra o que precisa, sem sair de casa.

Mas então é como no delivery? Se esse é um questionamento que você ainda tem, esse post foi feito para você! Vamos descobrir os conceitos e diferenças por trás de cada modelo. Ao final, quem nos responde é você: qual é mais prático?

O que é um mercado em condomínio?

Um mercado em condomínio é um modelo de mercado inteligente, honesto ou honest market; todos os nomes se referem à mesma forma de serviço, então, você pode chamá-lo como preferir.

Uma solução inovadora, baseada na confiança, onde o cliente realiza todos os processos da sua compra sozinho, em um minimercado que não tem atendente. Ele é quem escolhe o produto, faz o pagamento e retira-os das gôndolas e geladeiras. 

Instalação

Um mercado em condomínios residenciais pode ser instalado em qualquer área comum: garagem, lobby, hall de entrada, salão de festa, salão de jogos e até no spa. Além disso, para os condomínios horizontais, é possível que um mercado seja instalado em forma de container, que pode ficar localizado próximo à portaria ou em qualquer outro espaço que os moradores julguem adequado.

Como não tem atendentes, o mercado em condomínio recebe periodicamente a visita de representantes da empresa que presta o serviço. Essas visitas tem o intuito de repor a mercadoria e solucionar qualquer eventual problema na unidade.

Produtos

A proposta de ter um mercado dentro do condomínio é, justamente, poder ter acesso a diversos produtos sem precisar sair de casa. Nessas lojas, é possível encontrar os mais variados itens: produtos de higiene e limpeza, ingredientes, carnes frescas, snacks, salgadinhos, água, refrigerantes, comidas congeladas, pães, produtos para churrasco e até bebidas alcoólicas. 

Experiência de compra

Além de não precisar enfrentar trânsito para comprar o que precisa, e fila na hora de pagar, o mercado em condomínio possibilita uma experiência de compra personalizada. Os condôminos têm acesso à loja 24 horas por dia, 7 dias por semana, com a possibilidade de ir até a unidade, escolher o produto desejado e pagar ali mesmo, sem complicações.

O que é o serviço de delivery?

Como a própria palavra já diz, o serviço de delivery se refere à entrega. Entregar, na porta de casa, algum produto encomendado por alguém. Compras, refeições prontas, presentes, bebidas e muito mais; as possibilidades do delivery são infinitas.  

Esse foi um serviço muito utilizado por empresas e consumidores durante o isolamento social, causado pela pandemia da Covid-19, quando todos tiveram que se adequar em viver em casa e, consequentemente, consumir tudo dentro do próprio lar.

Passo a passo

Para pedir um serviço de delivery, seja para qualquer tipo de consumo, o cliente precisa ter o aplicativo da empresa baixado no celular, acessar o site, pedir via ligação telefônica ou WhatsApp.

Depois de fazer o pedido, o estabelecimento precisa confirmar o recebimento do pedido, bem como da forma de pagamento e iniciar a produção e/ou preparação.  

Com o pedido devidamente pronto, a empresa se responsabiliza por entregar ao cliente. Isso pode demorar meia hora, uma hora ou, até mesmo, um dia, dois dias… Tudo depende de qual foi o pedido, distância entre estabelecimento e consumidor e logística empregada para todo esse processo.

Mercado em condomínio x serviços de delivery

Os modelos de mercado em condomínio e serviço de delivery com certeza são muito práticos e cooperaram muito com o isolamento social que vivemos nos últimos anos, não é mesmo. Ambos, devem continuar em pleno crescimento mesmo com o fim da pandemia. Mas, agora, é hora de elencarmos algumas diferenças entre os dois.

Tempo de espera

Ao diferenciar um serviço de delivery de um mercado em condomínio, uma das principais diferenças é o tempo de espera. Quando você pede o delivery, mesmo que seja entregue na porta ou portaria da sua casa, sempre há um tempo determinado que você precisa esperar para o seu pedido chegar; seja ele qual for.

No caso de ter um mini mercado em casa, esse tempo de espera não existe, pois a loja fica aberta todos os dias, durante as 24 horas do dia. Faltou um item para a janta? A cervejinha do churrasco ou deu aquela vontade de comer um lanchinho rápido? Lá está o mercado do condomínio para te salvar, a qualquer hora do dia. Sem tempo de espera!

Experiência de compra

Por estar presente dentro do condomínio, o mercado atende pessoas de todas as idades, desde adolescentes até idosos, que, geralmente, preferem ver o produto antes de adquirir. Algumas empresas, oferecem, ainda, a possibilidade de verificar os produtos disponíveis pelo aplicativo, antes mesmo de ir até a unidade; tudo para facilitar ainda mais.

No delivery, a experiência de compra é parecida, mas não há a possibilidade de conferir a mercadoria antes de comprá-la; isso é feito apenas depois. Para algumas pessoas mais idosas, as compras delivery também se tornam um pouco mais difíceis.

Promoções

Pela proximidade com o cliente, o mercado em condomínio ainda se destaca pela possibilidade de conhecer melhor o consumidor e oferecer mais ações promocionais; isso pela fidelidade e constância do consumo. Diferente do que, geralmente, acontece com os serviços de delivery, que atendem um público muito amplo.

Agora, é com você. Depois de conhecer todos esses detalhes sobre o mercado em condomínio e o delivery, conta pra gente: qual é o mais prático?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *