Blog Entrevistas Franqueados Franquia

“O BI é o grande diferencial do market4u”, diz franqueada do Rio Grande do Sul

Marília Berwanger Futuro Nör e o sócio Arthur Vinicius Nör, tornaram-se franqueados do market4u no fim de 2021. Desde então, eles viram a vida mudar ao assumir 11 unidades já em funcionamento no Rio Grande do Sul; que em fevereiro devem se juntar a mais 9 e somar 20 lojas, no total. 

“Eu sempre tive desejo de empreender e pesquisei muito para isso. Durante a minha licença maternidade, no ano passado, estudei muito sobre o modelo de negócio e vi que era sustentável, escalável e rentável”. 

Marília Berwanger Futuro Nör

Ela conheceu um mercado autônomo no próprio condomínio, que já tinha uma rede. Agora, concorrente à sua. “Eu me apaixonei pelo modelo de negócio e pesquisei muito. No market4u, encontrei um dos grandes diferenciais, o Business Intelligence (BI). O market4u é tecnologia, enquanto a maioria dos concorrentes são empresas de mercadinho”. 

Ela conta que as conversas com a equipe do market4u iniciaram em agosto de 2021 e que assumir 11 unidades já em funcionamento foi uma surpresa. 

“A princípio, iríamos começar do zero, chegamos até a desenhar o perfil dos condomínios que queríamos atingir e as metas do nosso negócio. Mas na nossa cidade já tinham outros dois franqueados, e um deles, por motivos pessoais, colocou os pontos à venda; eram 11. Então, de um dia para o outro nós saímos de zero lojas para mais de dez”. 

Uma das unidades de Marília e Arthur no Rio Granbde do

Para ela e o sócio, que é seu marido, o desafio foi grande, mas algumas experiências anteriores foram essenciais para vencer os obstáculos do dia a dia. 

Experiências 

Marília, que é administradora com MBA em Gestão Comercial, trabalha há anos em uma multinacional e já passou pelos setores comercial, de marketing, marketing de produto e, atualmente, é responsável por uma equipe da América Latina. “Trabalhar durante tanto tempo com definição de produtos, volume de compra e análise financeira, por exemplo, é o que facilitou a nossa rotina como franqueados do market4u”. 

Arthur é advogado, pós-graduado em Direito Civil e do Trabalho, tem seu escritório, mas saiu do banco em que trabalhava para se dedicar à operação. Com menos de seis meses no negócio, eles já contam com uma funcionária que os ajudam na operação das 11 unidades. Em fevereiro, com 20 lojas do market4u, o casal contratará mais uma. 

Rotina 

Com tudo isso, a rotina dos, agora empresários, Marília e Arthur mudou bastante. Ele deixou um emprego estável para se dedicar ao seu negócio. Já, ela se desdobra em uma jornada tripla, pois além de ser uma franqueada do market4u, ainda é contratada da multinacional e mãe de um bebê. 

“Mesmo com toda essa correria, eu estou gostando muito do modelo. Só tenho elogios para o market4u, pois o sistema é excelente, intuitivo e tem muita informação. É claro que os pontos que eu identifico que possam ser melhores, repasso à franqueadora. E acho que isso é o que de mais valioso temos: a troca de informação e experiência”.  

Ela destaca que o market4u é uma empresa muito proativa e que indica para quem está pensando em investir. “É importante saber que o trabalho, principalmente no início, é árduo; precisa estar ciente e preparado”. 

Futuro 

Marília conta que ela e o marido ainda não tem certeza de quantas unidades querem ter. “Inicialmente eu queria pelo menos 20 pontos. Na verdade, nunca imaginei que seria tão rápido e foram meses muito intensos, trabalhamos arduamente para que a operação ficasse redonda e que os condomínios só sentissem melhorias na transição. Hoje, sabemos que queremos no mínimo 30 pontos de venda e, quem sabe, até 50”. 

O que também chamou a atenção do casal foi o market4u empresas. “Não imaginava entrar no ramo de empresas, mas hoje temos um ponto e é o nosso melhor faturamento; outro nicho que deve receber nossa atenção, além dos condomínios residenciais”. 

Para os próximos passos, ela lembra que evoluir e investir mais no marketing e nas promoções é um dos pontos principais.

“Monitoramento também é importantíssimo e vamos usar de inteligência e tecnologia para fazer isso”. 

E você, assim como Marília e Arthur também quer fazer parte de um negócio escalável? 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.